Resultado da Busca

Você sabe quais as diferenças entre as coberturas de Roubo e Furto?

No momento de contratação de um seguro, é sempre importante estar atento às cláusulas para saber quais as reais condições desse serviço.

Pensando nisso, criamos este conteúdo abordando as distinções sobre as coberturas para roubo e furto qualificados ou de situações de furto simples.

A ideia aqui é esclarecer sobre esses tipos penais. Saber a diferença entre eles ajuda o consumidor tanto no seu bem-estar quanto no conhecimento sobre as cláusulas previstas nas condições.

Tudo certo até aqui? Então, vamos para as diferenças.

Afinal, o que significa cada uma dessas denominações?

Basicamente, a diferença entre elas está na abordagem presente em cada crime, como descrito abaixo:

Roubo qualificado - é a apropriação de bem em que há o uso de violência física, psicológica ou de algum outro meio que minimize a capacidade de defesa e reação da vítima.

Um exemplo simples e, infelizmente, comum no país é quando um bandido faz uso de uma arma para roubar o carro, celular ou bolsa de alguém.

Furto qualificado - é um caso em que há fortes indícios de que o furto ocorreu porque existem provas de que determinado objeto foi subtraído do seu proprietário. No ambiente dos seguros, é razoavelmente comum esse tipo de notificação.

O furto de uma bicicleta, após o arrombamento de um cadeado, por exemplo, representa um furto qualificado. Ou seja, existe uma prova (o cadeado quebrado) do crime.

Furto simples - utilizando o exemplo acima, se o criminoso encontrou a bicicleta e a levou embora, sem deixar nenhum vestígio, essa ação constitui um furto simples. A lógica aqui é a seguinte: não há provas de que um crime foi cometido.

Por uma questão de transparência e de preocupação com a informação aos nossos clientes, cabe um esclarecimento. Os produtos que a Sompo oferece, como Residencial, Condomínio e Empresarial, não preveem cobertura para furto simples. Ou seja, a proteção é somente para casos de roubo e furto qualificados.

Não fique com dúvidas

Para não ter nenhum resquício de dúvidas na hora de escolher o seguro, o importante é perguntar sempre sobre todas as cláusulas ao seu corretor, atentando-se aos sinistros protegidos pela apólice contratada.

Atitudes assim previnem contratempos e fazem com que você, enquanto segurado, fique mais tranquilo e confortável com o seguro adquirido. Para os corretores, explicar todos os detalhes é uma ótima forma de fidelizar os clientes. Afinal, todo mundo gosta de transparência na hora de fechar uma negociação.

Gostou do conteúdo? Abaixo mais alguns conselhos Sompo com muita informação para você ficar cada vez mais seguro e protegido.

Acesse:

https://seguros.sompo.com.br/6-dicas-de-como-escolher-um-seguro-residencial

https://seguros.sompo.com.br/10-coisas-sobre-um-seguro-residencial-que-voce-nao-sabia

https://seguros.sompo.com.br/5-coisas-que-voce-nao-sabia-sobre-o-seguro-residencial

https://seguros.sompo.com.br/como-proteger-sua-casa-de-assaltos

https://seguros.sompo.com.br/o-que-voce-precisa-saber-sobre-o-seguro-condominio

Compartilhe:

Para mais informações, navegue pelas editorias ao lado.