Como calcular o valor do seguro de vida?

O seguro de vida é uma modalidade que vem crescendo rapidamente no país nos últimos anos - mais de 6 vezes o crescimento real do PIB.

Isso quer dizer que cada vez mais a sua corretora receberá clientes interessados neste produto!

E para atendê-los da melhor forma, o corretor precisa conhecer o que o seguro de vida oferece e saber como calcular o valor para cada segurado.

Para aprender mais sobre coberturas e assistências do seguro de vida, consulte também nosso post ‘Seguro de vida: os benefícios que fazem a diferença’.

Agora, para calcular o valor do seguro, você precisa primeiro obter o perfil detalhado do cliente, para que possa a partir dessas informações (idade, sexo, histórico de saúde, profissão, situação financeira, estilo de vida, prática esportiva, etc), se deve estimar qual é a probabilidade dos riscos cobertos ocorrerem durante o período de vigência da apólice.

Como calcular o valor do seguro de vida

Existem algumas situações que encarecem o seguro: ser fumante, praticar esportes radicais (como motociclismo, montanhismo, paraquedismo, etc) ou ter uma profissão de risco, como trabalhar na área de saúde ou na construção civil, por exemplo.

O seguro também aumenta de valor proporcionalmente à idade do cliente - quanto mais jovem ele for, menor será o valor mensal que deverá pagar.

O valor da apólice também sofre alterações de acordo com o número de dependentes e suas idades (famílias com crianças, que ainda precisam concluir os estudos, podem pagar mais pelo seguro).

Para auxiliar os cálculos, deve-se utilizar uma tábua biométrica, que é uma ferramenta que apresenta dados de sobrevivência e mortalidade da população.

A tábua BR-EMS foi construída com base na experiência do mercado segurador brasileiro e é aprovada pela SUSEP.

Ficou alguma dúvida sobre como calcular o valor do seguro de vida?? Entre em contato conosco através dos comentários!

New Call-to-action
Compartilhe:

Para mais informações, navegue pelas editorias ao lado.