Por que é importante manter seu cadastro atualizado na seguradora?

Você fez um seguro residencial? Caso sua resposta seja sim, com certeza não foi uma decisão tomada de última hora, sem nenhum planejamento. Você provavelmente avaliou muito bem as suas opções antes de assinar o contrato de seguro e agora se sente satisfeito e tranquilo. Sabe que se algum imprevisto acontecer, seus bens (e seu bolso!) estarão protegidos.

Até aí, tudo ótimo. O que muitas pessoas esquecem é de atualizar seu cadastro na seguradora sempre que necessário. Mas por que isso é tão importante?

A possibilidade de você ficar sem cobertura e amparo em caso de sinistro é muito pequena - muito mesmo. Porém, tenha em mente que fazer qualquer solicitação junto a seguradora em um momento de eventual sinistro e com os dados desatualizados pode ficar um pouco mais complicado. Afinal, a seguradora pode ter dificuldade em localizar o seu cadastro ou os bens cobertos pela apólice de seguro contratada.

atualizar_cadastro

Atualizar o seu cadastro garante tranquilidade para você e sua família

Agora imagine que sua casa foi roubada, algo super desagradável, não é? Imagine que você além de cuidar de tudo que envolve essa situação ainda tem que se preocupar em buscar documentos para atualizar as informações passadas para o corretor no momento da contratação do seguro.

Saiba que é importante atualizar não só os seus dados cadastrais, como os bens relacionados no cadastro, além da estrutura do imóvel como um todo. Se no momento da vistoria a sua casa estava de um jeito e depois você realizou mudanças estruturais e não informou a seguradora, poderá ter problemas mais tarde.

Imprevistos acontecem

Sabe aquela TV que você estava namorando faz tempo e finalmente comprou? Agora é só alegria! Dá pra ver suas séries preferidas, filmes e jogos de futebol com excelente qualidade de imagem e som. Só que você se esqueceu de avisar a seguradora que trocou sua televisão antiga, que valia bem menos que a nova. E como imprevistos acontecem… Aconteceu. Você informou o sinistro, mas talvez não receba o valor  referente à nova TV, pois a indenização estipulada no contrato era de acordo com a antiga. O valor será reembolsado totalmente se você ainda tiver a Nota Fiscal em seu nome.

Olha só outra situação: quando você contratou o seguro residencial, sua casa tinha apenas um andar. Com o passar do tempo, você guardou um dinheirinho e conseguiu construir um segundo pavimento. No caso de um desabamento, como fica? Se você não informou o seguro sobre as mudanças estruturais, não poderá ser ressarcido pelo valor de uma casa de dois andares, uma vez que em sua apólice a sua  casa ainda é térrea.

Evitar esses problemas é muito simples! Basta comunicar o seu corretor de seguros sempre que você fizer a aquisição de novos bens ou quando realizar uma reforma na sua casa. Não se preocupe, ele imediatamente fará a atualização do seu cadastro e você poderá, mais uma vez, dormir tranquilo!

Compartilhe:

Para mais informações, navegue pelas editorias ao lado.