Resultado da Busca

Manutenção de veículos: quais são os tipos e as diferenças entre eles?

Muitas vezes pensamos na manutenção de nossos veículos somente quando apresentam algum problema de funcionamento, ou quando planejamos fazer alguma viagem mais longa.

Bem, talvez você não saiba, mas há 4 tipos diferentes de manutenção para o seu auto. Elas funcionam tanto para detectar futuros problemas quanto para consertar o que já não está funcionando muito bem. Deixar para fazer a manutenção apenas nos casos que falamos no começo do texto é colocar em risco a sua segurança. Por isso, confira abaixo os tipos de manutenção! 

Manutenção detectiva

A manutenção detectiva consiste no conjunto de métodos de avaliação que tem o objetivo de garantir a segurança e o bom funcionamento dos equipamentos. Ela é realizada para testar o uso a longo prazo e garantir sua boa operação, encontrando possíveis erros que possam ficar ocultos e causar avarias futuramente. Nesse processo, os itens são testados em funcionamento, para que possíveis falhas sejam detectadas. Dentre as vantagens dessa manutenção, é possível ter o aumento de vida útil dos equipamentos e diminuição dos custos de reparo. Um exemplo é a manutenção veicular anual.

Manutenção corretiva

Esse é o tipo de manutenção que logo nos vem à cabeça quando pensamos no assunto. Ela é realizada quando já há algum tipo de desgaste nos equipamentos e visa substituir peças e fazer reparos nos itens que apresentam falhas.

Manutenção preventiva

A manutenção preventiva tenta prever a possibilidade de falhas e programar reparos ou ajustes nos veículos antes que apresentem algum problema.  Isso reduz a probabilidade de avarias ou degradações dos itens. Exemplos dessa manutenção são a troca de óleo do motor, calibração dos pneus e inspeção de equipamentos de segurança.

Manutenção preditiva

A manutenção preditiva é uma metodologia baseada no estado dos equipamentos. O objetivo é avaliar constantemente o funcionamento de cada item e prever sua vida útil para que esse tempo seja melhor aproveitado pelo usuário, eliminando custos com desmontagens desnecessárias e manutenções corretivas.

Você costuma realizar manutenções no seu carro? Qual é o tipo? Agora que conhece esses quatro tipos, você pode optar pelo que melhor atende suas necessidades e evita gastos desnecessários. Se tiver alguma dúvida, escreva para nós nos comentários!

Compartilhe:

Para mais informações, navegue pelas editorias ao lado.