Como proteger sua empregada doméstica no caso de acidente de trabalho?

Ter uma empregada doméstica nem sempre é um luxo, mas sim uma necessidade, principalmente nos dias de hoje.

Como proteger sua empregada doméstica no caso de acidente de trabalho?

Durante a semana, normalmente passamos mais horas fora do que dentro de casa. Muitas vezes, isso se repete também aos fins de semana, seja por motivos de trabalho ou lazer. Logo, acaba sobrando pouco tempo para nos dedicarmos a casa ou, mesmo que sobre, esse tempo seria muito melhor aproveitado para descanso ou diversão. Afinal, entre lavar roupas e ver um filme, qual você escolheria?

Para que isso possa acontecer, uma ajuda com os afazeres domésticos se faz necessária em muitos casos. Mas junto com a contratação de um profissional para este fim, vêm também algumas responsabilidades, como a segurança deste empregado. Por esse motivo, neste post explicaremos como proteger o empregado doméstico no caso de um acidente de trabalho e falaremos sobre a importância de contratar a cobertura de Responsabilidade Civil Empregados Domésticos.

Define-se por empregado doméstico o trabalhador devidamente registrado conforme as Leis Trabalhistas brasileiras, que frequente a residência segurada três ou mais vezes por semana. Nesta categoria, enquadram-se: Faxineiro(a), Governanta, Cozinheiro(a), Jardineiro e Porteiro.

As pessoas acreditam que, ao registrar corretamente o empregado, ele terá o suporte do INSS caso seja preciso. Isso é um fato, mas o que muitos esquecem é que estar assistido pelo INSS não isenta a responsabilidade do contratante no caso de um acidente de trabalho, por exemplo. Caso isso aconteça e o funcionário decida entrar com um processo trabalhista na justiça, além do enorme desconforto para ambas as partes, o empregador ainda poderá sofrer um grande impacto em seu orçamento.

Responsabilidade Civil Familiar

Para evitar as adversidades econômicas que possam resultar de um processo judicial, existe a opção de contratar um seguro residencial com a cobertura adicional de Responsabilidade Civil Familiar. Esta cobertura garante o reembolso das quantias pelas quais o segurado vier a ser civilmente responsabilizado e condenado a pagar por danos corporais e/ou materiais involuntariamente causados a terceiros. A contratação do RC Familiar permite que seja adicionada também a cobertura de Responsabilidade Civil Empregados Domésticos, que existe para amparar essa classe de empregados. Vamos entender como ela funciona:

Esta cobertura garante ao segurado o reembolso da indenização que deverá ser paga ao funcionário doméstico, no caso de morte ou invalidez permanente (total ou parcial). Isso significa que, caso seu empregado sofra algum tipo de acidente enquanto estiver trabalhando em sua residência, este seguro garante tranquilidade e estabilidade financeira para que você possa resolver esta situação tão delicada da melhor forma possível.

Para os empregados, poder contar com a assistência do seguro também é um benefício, pois garante que ele ou sua família receberão a indenização a qual têm direito sem grandes dificuldades. Já o empregador pode ter a certeza de que não terá despesas extras, uma vez que receberá também o reembolso das custas judiciais do foro civil e honorários de advogados.

Como proteger sua empregada doméstica no caso de acidente de trabalho?Infelizmente, acidentes domésticos são muito mais comuns do que imaginamos. Mesmo tomando diversas precauções, fatalidades podem acontecer no momento que menos esperamos. Por esse motivo, é importante estarmos preparados caso um imprevisto aconteça, envolvendo tanto os membros de nossa família quanto as pessoas que frequentam a nossa casa. Alguns acidentes domésticos são tão comuns que acabamos por não dar a eles a devida importância, como é o caso de uma queda, por exemplo.

Imagine a seguinte situação: para alcançar um pote na parte superior do armário da cozinha, sua empregada sobe numa cadeira. Nesse momento, ela se desequilibra e cai. Em muitos casos, podemos acreditar que nada grave aconteceu, apenas uma leve batida que gerou um hematoma. Contudo, a queda poderia também ter causado lesões dolorosas, fraturas e até concussões. Imagine também se, ao ligar um eletrodoméstico, sua funcionária leve um choque elétrico?

Para as famílias que tem um bichinho de estimação, deve-se também considerar a possibilidade do animal atacar um empregado. Animais domésticos costumam ser muito dóceis e amáveis, especialmente com seus donos, mas ainda assim não é possível prever o seu comportamento diante de determinadas situações ou pessoas.

Como proteger sua empregada doméstica no caso de acidente de trabalho?

Viu só? Demos apenas alguns exemplos de acidentes que podem acontecer dentro da sua própria casa ou apartamento, que podem afetar diretamente o empregado doméstico, cuja segurança e bem-estar são de sua responsabilidade. Converse com um corretor de confiança para descobrir qual é o seguro que atenderá melhor às suas necessidades e as daqueles que dependem de você.

 
New Call-to-action
Compartilhe:

Para mais informações, navegue pelas editorias ao lado.