Corretor: você sabe quem é o seu segurado?

Tem sempre aquele cliente que você conhece bastante, não é? Sabe onde ele mora, o que gosta de fazer, pra qual time ele torce, pra onde ele viajou nas últimas férias...se bobear, você sabe até o nome dos dois filhos e do cachorro! Se você tem vários clientes assim, melhor ainda. O corretor está sempre muito próximo dos segurados , então se ninguém conhece o perfil dos seus clientes melhor do que você, está na hora de começar a usar isso a seu favor!

Corretor: você sabe quem é o seu segurado?Você já pensou que vender seguros para a sua própria base pode ser mais fácil do que conquistar novos clientes? Pois é. Basta lembrar que você já conhece aquelas pessoas e, em muitos casos, até suas famílias. Sendo assim, ninguém melhor do que você para identificar o que eles possam vir a precisar!

Uma dica importante é manter um banco de dados atualizado com informações detalhadas, como: quantos carros a pessoa possui, se é casado(a), se mora em casa própria ou alugada, se mora com os pais, sozinho ou com a família, se tem casa de férias, etc. Conhecer a fundo seus clientes é a chave para oferecer as melhores opções de seguro. Aqui vão alguns exemplos:

  1. Aquele senhor  que contratou o seguro de vida, é também síndico do prédio onde mora. Isso quer dizer que, eventualmente, ele precisará contratar um seguro condomínio. Neste caso, você pode antecipar essa necessidade e oferecer a ele algumas opções.
  2. E o cliente que comentamos ali em cima, dos dois  filhos e do cachorro. Ele fez o seguro para os dois carros da família, mas com esse trio parada dura, ele não deveria ter também a cobertura  de responsabilidade civil familiar? Assim, em caso de determinados danos  a terceiros, ele poderia estar  coberto.

Esses são apenas alguns exemplos, mas existem milhares de possibilidades. Contudo, você só poderá identificá-las ao estudar o perfil de cada cliente. Não se esqueça também que o corretor deve dominar as características técnicas e diferenciais de um produto/serviço antes de oferecê-lo, pois só assim conseguirá atestar sobre sua qualidade e mostrar ao cliente todas as vantagens daquela contratação. Ressalte a relação custo x benefícios e procure apresentar situações reais que ilustrem em quais momentos ele poderá contar com as coberturas.

Além disso, é fundamental ser atencioso e se fazer presente, para que o cliente nunca se sinta desamparado. Você pode ligar nos aniversários, avisar com antecedência sobre a renovação do seguro, fazer contato  para saber se ele precisa de alguma assistência ou marcar visitas para consolidar o relacionamento.

Claro que tudo isso deve ser feito de forma não invasiva, como uma consultoria. Os produtos oferecidos serão do interesse de cada segurado e de acordo com suas necessidades. Afinal, você é um anjo da guarda e não um spam, certo?

Sabemos que conquistar novos clientes é muito importante, mas nossa intenção com esse post é te lembrar que manter, fidelizar e aumentar o ticket médio da sua base atual é tão importante quanto. Concorda?

New Call-to-action

Compartilhe:

Para mais informações, navegue pelas editorias ao lado.