Resultado da Busca

Corretor, como tirar férias sem dor de cabeça?

As férias são o momento mais esperado e merecido depois de meses de rotina que, por diversas vezes, torna-se estressante e cansativa. Recarregar as energias, aproveitar o convívio familiar e relaxar são as recompensas justas após a dedicação à vida profissional.

Para profissionais que têm vínculo empregatício com uma empresa ou são funcionários do setor público, as férias costumam ser programadas e, com isso, não há grandes preocupações com seu planejamento. Porém, para profissionais que exercem suas funções de maneira autônoma, sem vínculo empregatício, esse momento tão aguardado deve ser bem planejado para que não se torne uma grande dor de cabeça.

Aqui estão algumas dicas para que você tenha as merecidas férias da melhor forma possível:

Tenha um planejamento financeiro

Principalmente para  profissionais autônomos, o planejamento financeiro é essencial para manter as contas em dia, realizar investimentos e aplicações na poupança. Incluir no planejamento um valor direcionado para as férias e para o lazer é uma excelente opção para garantir esse momento de descanso. Mesmo que seja uma pequena parcela dos recebimentos, esse valor a longo prazo pode somar um montante que vai garantir um pouco de lazer e férias tranquilas.

Crie mensagens automáticas

É sempre necessário estabelecer avisos de ausência e opções de contato para que os clientes se sintam amparados caso precisem.. Mensagens e respostas automáticas de e-mail, informando o período de ausência e as possíveis alternativas para atendimento são boas ferramentas para isso.

Crie um roteiro

Viagens são as escolhas preferidas para as férias e com elas surgem os gastos de transporte, hospedagem, alimentação e outros que podem surgir durante o passeio. Estabelecer um roteiro antes mesmo de viajar, escolhendo criteriosamente cada um dos locais em que você poderá gastar, pode ser uma forma de evitar gastos fora do planejado.

Buscar opções com bom custo-benefício para hospedagem e evitar restaurantes indicados por guias turísticos - que costumam ser bem mais caros do que os locais comuns -  ajudam na economia durante as férias.

Voos durante a noite ou madrugada costumam ser bem mais baratos do que as que ocorrem durante o dia. Por isso, se atente na hora de escolher o horário de sua viagem.

Cuidado com as “pegadinhas”

Sempre que viajamos, surge a vontade de levar uma “lembrancinha” do lugar que visitamos, como forma de lembrar de cada momento das férias. Mas essa pode ser a grande “pegadinha” de uma viagem.

Os gastos com souvenires podem não parecer grandes naquele determinado momento, mas ao fim da viagem, somando o valor de cada um dos itens adquiridos, essa conta pode assustar. Por isso, tome bastante cuidado com essas compras.

Com essas dicas você já tem uma base para planejar suas férias e aproveitar sem maiores preocupações.
Compartilhe:

Para mais informações, navegue pelas editorias ao lado.