Como viajar na companhia do seu pet com segurança

Seu cachorro (ou gato) pode ser uma excelente companhia para viagens. Porém, para curtir esses momentos com o seu amigo de quatro patas, é necessário seguir algumas regras para garantir a segurança de todos.

 

Alimentos e bebidas

Não deixe o seu pet ingerir nenhum alimento quatro horas antes de sua viagem pois o balanço do automóvel pode deixá-lo com enjoos. Para beber água, o tempo indicado é de 1 a 2 horas antes.

 

Soltos no carro? Nunca!

Além de evitar multas, o transporte correto garante a segurança dos animais de estimação em eventuais freadas bruscas ou acidentes. Conforme o artigo 235, é proibido “conduzir pessoas, animais ou carga nas partes externas do veículo, salvo nos casos devidamente autorizados. Infração grave com multa de R$ 127,69 e cinco pontos na carteira”.

 

Unhas cortadas

Se o seu pet não está acostumado a andar de carro, é indicado que as unhas dele estejam curtas. Isso porque o animal pode se estressar e, com as unhas afiadas, qualquer debatida com as patas pode causar alguma lesão.

 

Carteirinha de vacinação

Os órgãos reguladores de trânsito e transporte indicam que, ao viajar com o seu pet, leve a carteirinha de vacinação. Isso assegura a mostrar que o seu amigo está protegido de doenças e evita qualquer forma de contágio.

 

Segurança psicológica

Tenha sempre um pano ou objetos onde o cheiro remeta ao seu lar, principalmente se o seu pet for um gato. Animais costumam se estressar em lugares diferentes. Paninhos onde costumam dormir, bichinhos de pelúcia ou brinquedos de borracha podem deixá-los mais calmos.

 

Poucas voltas de carro

Se você nunca andou de carro com o seu pet, faça pequenas viagens com ele. Veja o comportamento que ele terá. Muitas vezes, os animais sentem-se inseguros dentro de um veículo e acabam urinando involuntariamente. Fraldas para pets podem ajudar os bichinhos mais medrosos.

 

Pausas são fundamentais

Faça uma pausa, preferencialmente, a cada 1 hora. O animal precisa circular, andar um pouquinho, se esticar e alongar a coluna. E você também, motorista!

Compartilhe:

Para mais informações, navegue pelas editorias ao lado.