Como um seguro pode ajudar em um momento de crise?

Sabemos que as pessoas contratam seguros com a intenção de estarem protegidas caso um imprevisto aconteça, mas será que elas conseguem avaliar todos os momentos de crise pelos quais poderiam passar?

Com certeza não, pelo menos não além de situações óbvias como acidentes de carro e roubos. E é aí que entra o corretor de seguros! A consultoria do corretor é importante para informar sobre modalidades e coberturas menos conhecidas, mas que são uma mão na roda em certas ocasiões.

Por exemplo, agora que o clima está começando a esquentar, podemos esperar algumas pancadas de chuva. Muitas pessoas adoram, já que alivia os efeitos do tempo seco em nosso organismo. Para dormir então...é uma maravilha! Mas as chuvas também podem trazer alguns problemas, além dos engarrafamentos nas grandes cidades. Digamos que, depois de uma noite chuvosa, seu segurado desce para o estacionamento do seu prédio e encontra o seu carro boiando! Pois é, a garagem alagou e, além da dor de cabeça, imagine só o prejuízo que isso vai dar.

Também existe a possibilidade da pessoa chegar em casa, abrir a porta, acender a luz da sala e...nada. Daí tentou acender a luz da cozinha, mas o breu continua. Resolveu ligar a televisão...nem sinal da novela. Sabe o que isso significa? Pode ser que um raio tenha fritado a a rede elétrica dele!

Nesses dois casos, se essas pessoas tivessem contratado os seguros certos, tudo ficaria muito mais fácil. O seguro condomínio poderia cobrir os estragos causados pelo alagamento na garagem e o seguro residencial, os danos elétricos. Mas muitas vezes, elas nem sabem que podem se proteger contra estes problemas previamente: é nessa hora que você, corretor de seguros, entra, para mostrar estes benefícios.

Outro exemplo: imagine se um incêndio acontece. Se for na residência, corre-se o risco de perder tudo; se for na empresa, o caixa pode cair lá para o vermelho num piscar de olhos! Sem a cobertura contra incêndios oferecida pelo seguro residencial e pelo seguro empresarial, esse tipo de crise pode ser muito difícil de ser superada.

Sabe em que outra situação ter um seguro pode vir a calhar? Imagina que o filho de seu segurado adore futebol e, em uma partida com os amiguinhos, acaba quebrando a janela do vizinho? Ou um problema no seu banheiro causa um vazamento no apartamento do andar de baixo? Se a pessoa contar com a cobertura de Responsabilidade Civil Familiar do seguro residencial, os dois danos não serão dores de cabeça: tanto o conserto da janela quanto o do banheiro do vizinho estão cobertos. 

Essas são somente algumas possibilidades, mas outros imprevistos podem acontecer. Corretor, seja criativo e abuse dos exemplos, assim seus clientes conseguirão imaginar com mais facilidade quando poderão precisar de um seguro. Se a criatividade estiver em falta hoje, dê uma olhada em nosso blog, temos uma área especial para corretores de seguros!

New Call-to-action

Compartilhe:

Para mais informações, navegue pelas editorias ao lado.