Como preparar a casa para receber idosos

Você já parou para pensar que os locais em que você já morou precisaram ser adaptados, ao longo do tempo, para atender às suas necessidades? Isso ocorre desde a nossa infância, pois à maneira que crescemos, vamos precisando de novos espaços e objetos, tanto por gosto, quanto por segurança.

Talvez seja a correria da rotina ou até mesmo o costume, mas o fato é que chega uma hora em que nós paramos de pensar em adaptar o local onde vivemos.

Até que chega o momento em que percebemos que o tempo passou e agora requeremos necessidades especiais.

Adequar a casa para os idosos é muito importante quando pensamos no bem-estar e segurança deles. Afinal, um dia todos chegaremos nessa fase da vida.

Veja nesse post algumas dicas para tornar sua casa um ambiente propício para que um idoso possa continuar a exercer suas atividades em segurança.

Blog Sompo - Como prepara a casa para receber idosos

Iluminação

Com a idade, o corpo começa a passar por mudanças. A capacidade de enxergar bem pode ser afetada, em muitos casos.

Por isso, é importante que  o ambiente tenha uma boa iluminação a fim de facilitar o deslocamento por espaços estreitos que sejam propícios a esbarrões e tropeços.

Para isso, instalar sensores de presença pode ser uma boa opção. Dessa forma, as luzes se acendem sem que haja a necessidade de acionar um interruptor.

Atenção aos ambientes

A locomoção também é outra parte afetada ao longo dos anos e, muitas vezes, ir de um canto a outro da casa pode ser uma tarefa bem difícil.

Instalar pontos de apoio para que os idosos possam se manter firmes e equilibrados durante o caminhar, ajuda a deixá-los mais seguros e confiantes.

Outra dica importante é evitar tapetes, móveis e outros obstáculos que possam impedir o livre acesso aos ambientes que o idoso frequenta.

Para evitar riscos de queda ou até mesmo acidentes mais graves, fixe os fios de eletrodomésticos às paredes e para facilitar o manuseio das portas, é importante trocar as maçanetas para as do tipo alavanca.

Opte por móveis com pontas arredondadas ou coloque proteções nas mesas e outros móveis que tenham ângulos retos para evitar o choque direto e possíveis machucados.

Essas medidas podem evitar lesões que podem ter seu grau de intensidade aumentadas devido à resistência já mais frágil dos idosos.

Evite escadas

Se mesmo jovens e adultos às vezes se machucam  nas escadas, pessoas com idade avançada, sem muita força física e com locomoção debilitada, correm mais riscos em sua utilização.

Se não houver a opção de rampas ou elevadores para acesso dos idosos, certifique-se que as escadas tenham corrimão  que esteja bem firme.

Facilite a visualização dos degraus com sinalizadores de piso e com a iluminação adequada. Não esqueça das fitas antiderrapantes que auxiliam a prevenir quedas.

Sempre que possível, acompanhe o idoso caminho acima ou abaixo pelas escadas.

Faça adaptações no banheiro

Azulejos lisos e molhados já são receitas prontas para escorregões e quedas inesperadas, para os idosos então, o risco aumenta ainda mais.

Mas os banheiros trazem outros agravantes: por conta do tamanho reduzido desses ambientes, pode ser muito fácil bater em alguma peça ao cair. Se isso acontecer, os riscos podem ser graves.

Então, é melhor seguir algumas dicas como a elevação do assento sanitário, a instalação de barras de apoio e tapetes de borracha antiderrapantes que possam ser fixados ao chão.

Essas modificações podem facilitar muito a vida de um idoso.

Além dessas mudanças no ambiente físico, manter-se presente e acompanhar os idosos em suas atividades, garante a eles maior sensação de segurança e de conforto durante sua melhor idade.

--

Você se preocupa com o futuro das pessoas que dependem de você? Contrate um Seguro de Vida Sompo!

Compartilhe:

Para mais informações, navegue pelas editorias ao lado.