Batida de carro: o que é necessário fazer?

Bater o carro é o tipo de perrengue pelo qual ninguém quer passar… Mas infelizmente, pode acontecer até com os motoristas mais cautelosos.

Aqueles que moram em grandes cidades, trafegam por avenidas movimentadas ou viajam com frequência estão ainda mais propensos a se envolver em acidentes. Pode ser que nunca aconteça, e esperamos que esse seja o caso.

Mas, e se acontecer, o que deve ser feito?

O mais importante: tenha um Seguro Auto para o seu veículo.

Resolvido? Então agora confira a lista com uma série de dicas que te ajudarão a enfrentar esse momento com segurança e tranquilidade:

O que é necessário fazer em uma batida de carro? - Criança dormindo tranquilamente em sua cadeirinha no carro

1) Na hora da batida, mantenha a calma

Esse fator é primordial para que você possa conduzir a situação da melhor forma possível. Certifique-se que você e os demais envolvidos no incidente estão bem - se houver feridos, ligue para o Corpo de bombeiros (193) para que seja prestada assistência às vítimas.  

Caso seja uma batida entre dois ou mais veículos, evite discutir com os outros motoristas, espere que todos tenham esfriado a cabeça para iniciar uma conversa.

2) Sinalize o local do acidente

A sinalização é importante para evitar atropelamentos ou novas batidas.

Primeiro, acione as luzes de advertência (pisca-alerta); depois coloque o triângulo a cerca de 30 metros da parte traseira do veículo. Se não houver vítimas, os veículos podem ser removidos para um local seguro.

Caso o carro não tenha condições de rodar, acione o serviço de guincho de sua seguradora.

Dica importante: Tenha sempre em mãos o seu cartão de segurado, pois nele constam todos os telefones e meios de contato necessários para o atendimento em caso de eventualidades. Também é importante ter o telefone do seu corretor de seguros nos contatos do seu celular.

3) Acione sua seguradora

Avise imediatamente sua seguradora ou o corretor de sua confiança para relatar o ocorrido. Eles irão te orientar sobre como proceder.

4) Registre o Boletim de Ocorrências (BO)

O Boletim de Ocorrências é obrigatório nos casos de acidentes com vítimas (fatais ou não), se ocorrer danos a bens de terceiros (para isso existe o seguro Responsabilidade Civil) ou se o carro for roubado ou furtado.

Quando o acidente provoca somente danos em um veículo, as seguradoras não exigem a apresentação de BO. Mas o registro, geralmente, torna mais rápido o processo de indenização e pode ser útil na identificação do real causador do acidente.

Você pode registrar a ocorrência na delegacia mais próxima ou até pela internet, através do serviço de BO online

5) Encaminhe à seguradora a documentação necessária

Preencha o Aviso de Sinistro, no qual é necessário informar detalhadamente o fato: dia, hora, local exato e as circunstâncias em que a batida aconteceu. É necessário anexar também os dados do condutor do veículo (nome, endereço e cópia da carteira de habilitação).

Algumas informações úteis que podem agilizar o processo: dados pessoais (nomes, endereços, telefones e e-mails) de motoristas e passageiros, marca, modelo e placa de cada veículo envolvido, além do número das carteiras de habilitação dos envolvidos.

6) A indenização

Depois que toda a documentação for entregue à seguradora é iniciado o processo de indenização, que pode ser parcial ou total, dependendo dos danos materiais avaliados.

Se o valor do conserto representar menos de 75% do valor do carro, basta pagar a franquia e levar o veículo à uma oficina credenciada. Se os danos superarem 75%, o segurado recebe a indenização integral estabelecida na apólice.

Uma batida não deve ser motivo de estresse, já que seguindo os passos acima fica fácil encontrar uma solução para os envolvidos. Mas se você não tiver seguro de carro… vai uma água com açúcar?

--

E aí? Gostou das dicas? Comente e compartilhe sua opinião com a gente!

Compartilhe:

Para mais informações, navegue pelas editorias ao lado.