Celebração do Natal pelo Mundo

No Natal, temos a tradição de confraternizarmos com familiares e amigos esperando a chegada da meia-noite. Mas é possível encontrarmos diferentes e curiosas tradições natalinas pelo mundo. Confira a lista de algumas tradições de Natal:

Natal Munique Alemanha.jpgAlemanha: desde o primeiro domingo de dezembro, conhecido como início do Advento, as decorações de Natal aparecem nas ruas e nas lojas das cidades, com direito a contagem regressiva! A ceia é diferente da nossa: no dia 24 é oferecido pratos típicos da Alemanha, acompanhados com os famosos biscoitinhos natalinos. A fartura é no almoço do dia 25, com direito a carne de pato. Quer sentir um tiquinho de inveja? Dia 26 também é feriado de Natal!


Natal Finlandia.jpgFinlândia: bem parecida com a Alemanha, a expectativa da chegada do natal pelos finlandeses começa com o Domingo de Advento, onde também são inauguradas as decorações das lojas, escritórios e cidades. Há uma curiosidade interessante: as pessoas montam as árvores em suas casas somente no último domingo antes do Natal.

 


Natal Johannesburgo Africa do Sul.jpegÁfrica do Sul: o Natal na África do Sul é feito com muita música natalina nas igrejas. No prato principal da ceia, muito frango, carneiro ensopada e Koeksisters (massa de trigo e glicose de milho). Assim como na Alemanha, dia 26 de dezembro também é feriado.

 


Natal Toquio Japao.jpgJapão: por não ser um país cristão, não existe o feriado de Natal por lá. A comemoração é feita no fim do dia 25 de dezembro, com direito a um jantar especial com toda a família. Longe dos sushis, costumam comer frango e bolo de morango com chantili. Uma curiosidade interessante é a comemoração nas escolas. A troca de presentes é feita com uma brincadeira: sentadas em um círculo, cada criança carrega um presente embrulhado enquanto toca uma música. Os presentes são passados de mão em mão e, quando param a música, o presente que estiver na mão da criança será dela.

Compartilhe:

EMPREENDER

SAIBA COMO DEIXAR A SUA CASA FUNCIONAL À TERCEIRA IDADE